Morte de Eduardo Campos e significado – Segundo turno (2/6)

A morte de Eduardo Campos nos números
Mas, o triste evento trouxe outras mensagens matemáticas:
– Na palavra “candidata = 3” encontra-se o número da auto expressão 3 cujo aviso é de otimismo e criatividade;
– Na palavra “candidato = 8” encontra-se o aviso de que o foco é administração, negócios e justiça.

O número 8, representando o mês de agosto, vibração 13, indica o tempo da colheita do que foi plantado em janeiro (1), liderança para mudar os rumos da sociedade, focando nas crianças (futuro da sociedade, que depende da verdadeira noção de família: aviso do ano Brasil 6), como exemplo para as outras nações, na difícil tarefa de mudar o Brasil (7). Mudar com a visão de que se começa o novo no tempo novo.

O número 7 (sete), presente três vezes nesse acontecimento, aponta para a busca do conhecimento, ciência, tecnologia, cultura, reeducação espiritual e religiosa, tendo em vista a política de mudança na conscientização cobrada pelo número do dia 13 (nova conscientização), em que ocorreu o fatídico acontecimento. Isso não deve ser encarado, como um simples fato igual a outros, mais ou menos graves, mas sim como aviso e cobrança do Destino do Brasil (7). Aqui, devem-se levar em conta os números 8 (agosto (13) mês 8 e 2015 ano 8, ano do novo governo), 13 (dia do acontecimento) e 7 (2014 = Ano Universal 7).

Temos os números 11 e 20, como resultado da soma do número 7 mais o número 13.
O número 11 é o da promoção que representa necessidade de reeducação religiosa e espiritual.
O 20, aqui, representa a necessidade de espalhadores de ensinamentos e ideologia, recrutados ou convocados pelos eleitos para formar uma nova sociedade brasileira.

21 é o número resultante da quantidade de vezes que o 7 aparece nesse desastre, o número de dias, antes dos quais tudo deve estar consolidado para os representantes certos, escolhidos aleatoriamente pelo povo.

1/6 – Números 7 e 13 no desastre com Eduardo Campos
2/6 – O mártir da política nos números
3/6 – O resgate da afetividade familiar
4/6 – Corrupção e violência
5/6 – Libertando da crise de caráter
6/6 – A conclusão

4 comentários sobre “Morte de Eduardo Campos e significado – Segundo turno (2/6)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *